Daniel Campos

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 101 textos. Exibindo página 4 de 11.

12/04/2014 - Tempo meu tempo seu

Meu tempo é você
Diga-me como serão meus dias, meus meses, meus anos
E eu me contemporizo
Adianto ou atraso ponteiros
Quebro relógios
Para ter você pelo tempo afora
Saiba que meu tempo é seu tempo
Todo tempo meu é tempo pra te amar
Todo tempo meu é pra te homenagear
Todo tempo meu é tempo pra estar
Com você, em você, para você
Meu tempo é você
Jamais temporizo quando o assunto é você
Faço tudo pra ontem ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

03/04/2016 - Tempo real

O tempo talha a pedra
Penteia o capinzal
Leva e traz a água
E faz rolar o sal

O tempo borda o céu
Fecha as feridas
Abre a saudade
Vai-e-vem no casal

O tempo viaja o mundo
Se desmancha em vento
Quebra feito onda
Abstrato e carnal.


Comentários Comentários (1)

05/10/2015 - Tempo subestimado

Não subestime o tempo
Deixando para amanhã
Sonhos e sentimentos
O tempo é o deus
Sempre presente
Em nossas vidas
O deus da chegada
É o deus da partida
Se demorar a fazer
O que deve ser feito
O tempo dá um jeito
E não adianta chorar
Ou implorar ou rezar
O tempo é irredutível
Em suas ações
Portanto, cuidado
Com suas paixões
Se deixá-las ao tempo
O tempo leva
Alimente muito bem...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Temporais

Que olhos os teus
Que amanhecem
E entardecem
Sem procurar
Pelas criaturas
Anoitecidas de ateus.

Criaturas
Que andam e desandam
Por aí por lá por aqui
A falar dos teus olhos
Amanhecidos
Entardecidos
No mesmo tom
Tom de verão.

Que olhos os teus
Que fazem dos meus
Duas criaturas
Anoitecidas de adeus.


Comentar Seja o primeiro a comentar

Temporalidade

Faça o meu tempo
Da maneira que quiser
E sem maiores complicações
Seguirei pelos subúrbios da imaginação
Esconderei sem que consiga achar
Os teus achados
Os meus perdidos.

Faça o meu tempo
Que eu cuido dos teus lugares
Do teu espaço
Do teu cio
Das tuas feridas
Não se importe com minhas histórias
Elas continuam depois que passares.


Comentar Seja o primeiro a comentar

25/06/2014 - Temporando

O tempo é um beijo roubado
Que se dá quando menos se espera
Começa e acaba no passado
Mesmo que prometendo outra era

O tempo é futuro mais-que-perfeito
O presente inconsequente
Pulsos e impulsos de expectativa
Numa oitiva entre o errado e o direito

O tempo é o que ainda não veio
É o corvo no campo de centeio
É o corpo distraído da moça
Que quebra louça num olhar proibido

O tempo é o sal da arrebentação...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

05/11/2014 - Tempos

O tempo
Corre das nossas vistas
Como um corisco
Em noite escura
Dando medo
E a certeza
De que somos breves
Criaturas
Reféns da relação
Entre os tempos
Desejado e tido


Comentar Seja o primeiro a comentar

10/07/2013 - Temposições

O tempo urge
O tempo ruge
O tempo muge
No curral

O tempo cura
O tempo fura
E se dependura
No varal

O tempo tenta
O tempo aguenta
O tempo venta
No sobral

O tempo côa
O tempo zoa
O tempo voa
No candeal

O tempo à toa
O tempo ecoa
O tempo de boa
No quintal

O tempo mede
O tempo pede
O tempo de led
No astral.


Comentar Seja o primeiro a comentar

Tempus

És o tempo indeterminado, és o temor, o tremor
E todo o meu eu amarrotado de sentimentos
Quebrados colados guardados. És a sensibilidade
Orgânica, a listra da zebra e a cidade que eu nunca
Construí. És o ciclo que eu nunca vivi, és o vínculo,
És o cio e o que mais ninguém viu. És a beleza uterina
E última, és a assassina que em minha seqüência
De versos ousou por fim. És o adverso, a namorada,
O universo, a orquídea de inverno e a minha bem ...
continuar a ler


Comentários Comentários (1)

17/04/2014 - Tendo com a santa

Santa
Deixa-me beijar os teus pés
Colocar bilhetes falando de amor
Em tuas mãos
Pedir, pedir, pedir e agradecer

Ó santa
Deixa-me levar minha fé ao extremo
Ajoelhar e te implorar
O que é amar
Num amor sobre-humano

Santa
Vem em meu socorro
Coloca-me em teus braços
E me dá a certeza de que tudo
No mundo é pra ser feliz

Ó santa
Vou chorar molhando teus pés
Oferecendo meus olhos acesos como velas...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Primeira   Anterior   2  3  4  5  6   Seguinte   Ultima