Daniel Campos

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 22 textos. Exibindo página 1 de 3.

Habitante

A mulher que me habita
Tem olhos de passas ao rum
Um decote geométrico
E linhas saídas de uma prancheta

A mulher que me habita
Caberia nas vitrines do shopping
Nas milanesas passarelas
E nas mesas que vêem a tarde cair

A mulher que me habita
É mais do que uma lembrança
Sabe que mora em mim
E violentamente me possui

A mulher que me habita
Eu não amo porque quero
Amo porque me habita...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

01/11/2016 - Habitar-me-ão

Um dia, verão que é possível me habitar
Erguer uma cidade de sonhos em mim
E então, todas as tentativas do verbo amar
Conjugadas e desperdiçadas finalmente,
De repente, chegarão ao fim.


Comentar Seja o primeiro a comentar

Habitat

Não!
Não deixa
A poesia
Morrer
Na minguante
Que seca
O veio
Da tua nascente.

Por
Por favor
Não deixa
A poesia
Definhar
Nas tuas margens
E naufragar
Na paisagem
Do teu lodo.

Não!
Não por favor
Deixa-me
Correr em suas veias
Como folha em correnteza
Como bolha de ar
Ah! Eu preciso
Viver em você
Porque
Já não vivo em mim.


Comentar Seja o primeiro a comentar

11/08/2016 - Haja dó

Haja dó
Haja dó
Ninguém nasceu
Pra viver só

Até o sozinho
Se casa com a solidão
Pelo caminho


Comentar Seja o primeiro a comentar

30/10/2013 - Hecatombe

Hoje
É o último dia
Da fantasia
De todos os dias
Que se foram
E ainda estão por vir

Hoje
É chororô
É desamor
É tudo meio que
Borocochô

Hoje
É pela metade
É desumano
É só saudade
É muito engano
E planos

Hoje
É dia de ponto final
De partida
De cinzas no carnaval
De adeus
E feridas

Hoje
É dia de postergar...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Hipocondríaco

Quando o remédio é esquecer
O melhor é não fazer
Nada errado
Para que ninguém
Julgue-lhe culpado
Culpado por não ter
Se esforçado
Para tentar perder
Os traços dela de vista
O telefonema do florista
O título de romancista
E não enlouquecer
Quando alguém lhe disser
Vigarista.


Comentar Seja o primeiro a comentar

Hipocondríacos de amor

A cada dia sua poesia vai ficando mais moça
E a minha vida longe de você mais insossa
E a fantasia é só prazer é só querer é só poder
E que ninguém, meu deus, ouça
O que eu digo aos teus ouvidos
Eu quero é me perder nos seus olhos perdidos
Entre as montanhas e as castanhas
Entre as manhãs e as avelãs
Entre os algozes e as nozes
Contido no desejo que gozes

Seus seios vão crescendo em minhas mãos
E eu vou bebendo nas tabernas das suas pernas...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Histórias

Entre o querer e o fazer
Há um muro
E a impressão que ele não vai acabar
Um muro feito de palavras
Escritas, confusas, cansadas
E são tantas palavras
E tão poucas pessoas
Para escutar as histórias
Que se contam
Que se inventam
Que se espalham
Em nossas cabeças.

Histórias pitorescas
Histórias avessas
Histórias romanescas
Histórias que não sei se belas
Porque histórias são sempre belas...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

19/11/2016 - Hit

Não importa o ritmo
Quando as nossas frequências se acham, o hit é o coração


Comentar Seja o primeiro a comentar

Hoje

Hoje,
Você sonhou com você
Hoje,
Você foi um pouco você
Hoje,
Você se pediu ao primeiro deus que acreditou
Hoje,
Você se encontrou nos mesmos lugares
Hoje,
Você ficou ao meu lado
Hoje,
Você foi alegria e medo
Hoje,
Você se confessou em silêncio
Hoje,
Você enganou copos de uísque
Hoje,
Você foi a sua última companhia
Hoje,
Você atirou seus lábios à neblina
Hoje,
Você foi ao cinema e se namorou um pouco...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

      1  2  3   Seguinte   Ultima