Daniel Campos

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 101 textos. Exibindo página 2 de 11.

09/03/2015 - Tarde de temporal

Entre raios, vejo seus olhos alumiando temporais
Eu te amos trovejam uma saudade de granizo
Que cai ferindo, cortando, zunindo corações
Chuvosos alagados de pranto, dados a enchentes
E outras inundações de verão. Bocas de vento
Se beijam entre nuvens e folhas que rodopiam
Em redemoinhos de sentimento cegos
Que arrastam multidões de cupidos e flechados
Que entre rodopios rezam pelo fim
Ou pela intensificação do toró

Os galhos envergam, o capim deita...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Tardiamente cedo

O amor nunca é tardio
Há sempre alguém esperando por esse amor
Tardia é a espera
A espera que nunca se finda
Ver dias entardecidos
Passando de forma lenta
Como se nunca acabassem
Dias que entardecem
Na sombra de um corpo
Que vê outra sombra
E não outro corpo.
Tardio é o sorriso cheio de promessas
Promessas que são juradas
Pela própria boca
Tardia é a felicidade
O sonho e a saudade
Amantes tardios...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Tarô

Jogue os búzios sobre a mesa
Como se deitasse ali
E fala para as linhas da sua mão
Dizerem-me baixinho
Um pouco da tua bruxaria.
Deixa eu lhe ver
Na bola de cristal ou na borra de café
Fala-me seu signo e suas ascendências
Conta-me seu último sonho
E sua primeira vontade
Só não vale me roubar nas cartas.


Comentar Seja o primeiro a comentar

27/11/2016 - Te dei tudo

Te dei tudo de mim
O meu melhor
E o meu pior também
Te dei meus sóis
Minhas luas,
Principalmente as cheias,
Te dei tantos títulos
Princesa, rainha,
Fada, anja, sereia
Mulher amada
Te dei meu coração
E tudo que nele guardo
Te dei meus leões,
Meus bisões,
Meus falcões,
E meu gato pardo
Te dei minha metade
Meu quarto
Meu inteiro
Meu ser completo
Meu chão, meu teto...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

27/06/2016 - Te desejo

Te desejo felicidade
A felicidade de viver comigo
A felicidade que só eu posso te dar

Te desejo saúde
A saúde vinda de mimos e zelos
Num amor meu que cuida e cura

Te desejo paz
A paz que acha nos meus braços
Em asas que te acolhem e amparam

Te desejo segurança
Tendo em mim seu abrigo perfeito
Numa proteção que não é prisão

Te desejo luz
A luz que eu te dou
E a luz que desperto em você...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

06/07/2016 - Te espero apaixonado

Cada vez que te vejo
Desejo
Que seja pra sempre

Porque só o pra sempre
É capaz de caber
Meu amor por você

Pra sempre eu quero
Te ver ao meu lado...
Te espero apaixonado


Comentar Seja o primeiro a comentar

03/08/2016 - Te quero bem

Eu te quero bem
Te quero todo o bem
Do mundo
Eu te quero além
Te quero sem desdém
Segundo
A segundo
Eu te quero a fundo
Cuidando
Zelando
Amando
Vosmecê
Sem mais porquê
Senão
Meu amor do céu
Que é paixão
Feito fogaréu
De São João.


Comentar Seja o primeiro a comentar

02/06/2014 - Te quero, querida...

Eu te quero
Pra toda vida
Querida

Eu te quero
Em mim perdida
Querida

Eu te quero
Sem demora
A qualquer hora

Eu te quero
Quando ri e chora
Ai, vem agora

Eu te quero
Nada sumida
Tão querida

Eu te quero
Bem-vinda
Minha querida

Eu te quero
Em todo lugar
No ato de amar

Eu te quero
Sem duvidar...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Tear

Um vestido barrado
Num degrade azul
Mancha-a de abstrata
São alças cruas
São costas nuas
Num mesmo batom
Guardando o meu corpo
Suado no seu tom
Sobre-tom.

Sem amarras
Em minhas barras
Sua mão
Faminta
Com fome
Me borda
Me pinta
E roça o tecido
Nos teares
Dos meus olhares.


Comentar Seja o primeiro a comentar

03/08/2015 - Tecido caipira

Eu não sei meu caminho
Só hei de seguir ponteando
Pela viola e pelo linho
Do tecido caipira desta vida
Que deus me deu com lida
Sorriso e saudade do tempo
Em que o sertão de verdade
Com mato, água e fruta no pé
Com quermesse, fé e dança
Homem-algodão paina-mulher
Era só chegar e abrir a porteira
Pra emoção caipira por inteira
Desabrochar e inflar pelos céus
Onde as árvores são arranha-céus
E os pássaros aviões e os cavalos...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Primeira   Anterior   1  2  3  4  5   Seguinte   Ultima