Daniel Campos

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 148 textos. Exibindo página 3 de 15.

01/07/2013 - De Oxóssi

Que Oxóssi me dê
O que é da minha fé,
De fato e direito também,
Nada além, nada aquém.

Que Oxóssi me guie
Pelas trilhas do axé
Na mira do que se é
E que arqueiro me crie.

Que Oxóssi me dispare
Feito flecha sem volta
Rumando pelos hectares
Do verde que me escolta.


Comentar Seja o primeiro a comentar

23/08/2013 - De perder o chão

Tão e quão e tão
Bela
Que faz
Qualquer um
Perder o chão
E tudo mais
Que se poder perder

Perder o céu
Da boca

Perder o juízo
Nunca encontrado

Perder a mão
E a contramão

Perder o passo
E a própria sombra

Perder o nada
E o tudo

Perder a voz
E o ritmo

Perder o ponto
E a meada

Tão e quão e tão...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

14/12/2013 - De qualquer modo

Mesmo se o mundo acabar
Vou continuar vivendo
Pra você

Mesmo se o sol arrefecer
Vou escurecer querendo
Você

Mesmo se a realidade proibir
Vou seguir me aproximando
De você

Mesmo se o tempo se for
Vou propor de ir me dando
A você

Mesmo diante do maior tabu
Vou feito canguru carregando
Você


Comentar Seja o primeiro a comentar

03/05/2016 - De que lado do espelho

Lá estava você no fundo do espelho
Como que querendo me imitar
Seu silêncio ardil e contumaz
Seus olhos de escaravelho
Sua insistência em me dominar

Olhando não sabia quem era real
Olhando quem seria imagem
Olhando quem seria reflexo
Especial, confundia a paisagem
Era côncava e eu convexo.


Comentar Seja o primeiro a comentar

15/08/2014 - De Seta Branca

Eu sou de Seta Branca
Esse índio que veio do espaço
Eu sou de uma força tanta
Fé de moléculas vivas de aço
Inoxidável
Eu acredito nesse povo amável
Que fala a língua tupinambá
E eu me faço incansável
Quando se trata do amor que há
Sou amparado e bem guiado
Por mentores de luz
E o olhar da minha clarividente
De forma consciente
É o que me conduz

Eu sou de Seta Branca
Esse índio de alvo penacho ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

30/04/2016 - De sete em sete

Pelos sete caminhos
Chamando sete luas
Beijando sete ventres
Vestindo sete linhos
Desposando sete nuas
Querendo sete ausentes
Um eu, sete continentes.

Pelos sete penitentes
Buscando sete versos
Adentrando sete saias
Correndo sete universos
Vivendo sete histórias
Comendo sete uvaias
Uma morte, sete glórias.


Comentar Seja o primeiro a comentar

De silêncio eu berro

Crava as unhas
Em minha garganta
E fica ali e me acabrunha
Com olhos de santa
Embargando-me a cada eu te amo
Desamando-me a cada eu te amo
Marcando-me a cada eu te amo
E de silêncio eu berro
Diante da sua boca que é ferro
Em brasa
De silêncio e arrependimento
Frigindo-me e me infringindo
No tormento
De um amor sem cabimento.


Comentar Seja o primeiro a comentar

25/09/2013 - De tempo em tempo

Quando um tempo acaba
Outro tempo clareia
Sem intervalo
Com suas vírgulas
E outras pontuações
Mudando o ponteio
E seus ponteiros.

Quando um tempo encerra
Outro tempo toma de conta
Sem cerimônia
Com suas novas e prosas
Trazendo um novo começo
Com a comitiva em movimento
Contra ou a favor do vento.


Comentar Seja o primeiro a comentar

14/02/2016 - De todos os povos

Sou das matas
Das cachoeiras
Sou cascatas
E amendoeiras
Sou das águas
De pedra
Do vento
Que varre mágoas
E não medra
Sou fogueira
Acesa
Sou a simplicidade
Da realeza
Sou a beleza
Dos povos
Transcendentais
Sou a individualidade
De tantos plurais
Sou mago
Sou mar, rio e lago
Sou dos Enoques
Contra os bodoques
Sou das sete princesas
Das proezas...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

29/04/2015 - De tudo, ou quase

Me bole, me engole, me colhe
Mas, por favor, não me olhe
Com esses olhos de estilingue
Meu amor por mais bilíngue
Falando a língua dos homens
E a dos pássaros
Não tem peito de aço
E nem foge do seu passo
Nem precisa de cartucheira
Nem de visgo de jaqueira
Pra abater ou prender
O meu coração alado
Que já pula qual pardal
Direitinho pro seu lado


Comentar Seja o primeiro a comentar

Primeira   Anterior   1  2  3  4  5   Seguinte   Ultima