Daniel Campos

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 67 textos. Exibindo página 7 de 7.

15/09/2014 - LUTO...

Hoje este poeta foi morto pelas mãos de sua própria musa.

Amanhã, um acervo inédito de poesia, que garantirá o site com prosas e poemas frescos todo dia pelos próximos meses, começa a trazer à tona em versos e linhas a dor deste poeta nos últimos meses até ser completamente silenciado.

Agradeço a vocês pela companhia diária até então, por meio de leituras, comentários, e-mails...

Como forma de agradecimento, pelos próximos meses, com esse acervo já devidamente cadastrado, o site é de vocês. Tenham certeza de que encontrarão aqui um amor intenso, sincero e real, pois sempre escrevi exatamente o que sou. E eu sempre fui sentimento. ...
continuar a ler


Comentários Comentários (2)

14/04/2017 - Luuh da estrela Amares

Luuh é coração falando mais alto
Mulher entre o querer e o prazer
E assim, descalça ou de salto
Sabe por onde ir, o que fazer:
Amar, amar, amar até cair...
Cair em si e se redescobrir!

Queria amar e sofrer menos
Viver enfim um amor ameno
Trocando carícias e malícias...
E em nuances emergir
Num romance sem fim,
Onde a dor não tem alcance.

Depois de tantos tombos
Uma nova Luuh renasce
Florescendo dos escombros, ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

26/08/2015 - Luz da saudade

Estrela
Recolhe suas pontas
Baixe sua luminosidade
Deite ao meu lado
Faça de mim o seu namorado
E que tudo mais
Seja espaço e saudade


Comentar Seja o primeiro a comentar

26/06/2014 - Luz de Oxóssi

Que luz é essa
Que verdeja tudo
Luz cheirando à mata
E brilhando à beça
Luz que giramundo
Espanta males
Encanta um povo
Muda os ares
Faz tudo novo

Que luz é essa
Que rompe
Sem pedir licença
E fala forte
Com sua presença
E interrompe
Até mesmo a morte
É luz guia
Que alumia noite e dia

Que luz é essa
Que vibra alto
Que faz semente
Rachar o asfalto ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Luz, câmera, ação!

A cidade ganha luzes.
Os postes inclinam seus amarelados para o mar de piche.
As luminárias nas praças parecem mulheres grávidas - redondas e misteriosas.
Os lustres das igrejas testemunham casamentos.
O tio do cachorro-quente improvisa um bico de luz na calçada.
Os lábios da moça festeira ganham brilho.
As cabeças dos pensadores ganham idéias luminosas.
A fonte faz a água ter cor.
O lago, sem cisnes, ganha o retrato da lua.
De algumas juras de amor surge uma chama. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

19/07/2013 - Luzes que voam

Uauás
Caga-fogos
Luze-luzes
Lampírides
Lampiros
Cudelumes
Luzecus
Lumeeiras
Lumeeiros
Moscas-de-fogo
Noctiluzes
Piríforas
Salta-martins
Pirilampos
Vaga-lumes...

Insetos estelares
Brilhando pelos ares
De noites sem lua
Paixões luminescentes
Sonhos fosforescentes
Movidos a explosões
De oxigênio nuclear
Reações químicas
Em tons de âmbar...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

16/09/2015 - Luzir nas trevas

Espia
Esses dedos de anéis ciganos
Caminhando por costelas frias
Que não são costelas de Adão

E mia
Sem se importar se as maçãs
Aparecerão mordidas ou não
Ao raiar da manhã

Confia
Seus segredos e planos
E confessa quantas Evas
Gritam dentro de você

E adia
O seu pedido de socorro
Porque mais uma vez
Corro pras suas trevas

Sorria
E me leva. ...
continuar a ler


Comentários Comentários (1)

Primeira   Anterior   3  4  5  6  7