Daniel Campos

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 67 textos. Exibindo página 4 de 7.

10/06/2008 - Língua Portuguesa

A minha língua
Portuguesa
Entre a poesia
Das palavras
E a beleza
Dos beijos
Ah! Língua
Dos desejos
Míngua
A realidade dos meus dias
E lavra
De vez a minha fantasia...

Poeta
Que sou eu
Sou mais um plebeu
A servir
A alma inquieta
Da rainha da nobreza:
Nossa língua portuguesa,
Ah! Em minha boca
Intensa e tão louca
Correm versos e rimas
Dessa língua que é prima...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Linha imaginária

Até que o dia amanheça
Eu vou ficar aqui
Pensando
No que eu tive
E não tive.
Eu e você
Nós dois
Tanta coisa
Que existiu
E não existiu.

Onde acaba o sonho?

Você sabe?
Eu não sei
E nem quero saber
O que aconteceu
E o que sonhei.
Eu sei
Que o sonho existiu
E enganou a vida
Agora, o que é sonho
E o que não é
Eu já não sei...


Comentar Seja o primeiro a comentar

Lirismo em lira

Quando ouço baladas românticas
Que falam de céus azuis, abraços e mar
É porque lhe quero perto
Canções de uma noite, um olhar, uma promessa
Canções que falam de mulheres
Mais amadas a cada nota
Assim como quero falar de você
Canções de violões, beijos e luas
Que me beijam ainda virgens
Só para me darem o sabor dos seus lábios.







Comentar Seja o primeiro a comentar

Literatura de abajur

Quem sabe quando acabar
O último capítulo da novela
A última folha do romance
A última coreografia
Da dança da ilusão
Os matemáticos inventarão
Um cálculo
Que a faça entender
O que eu não minto...

Duas luas se beijam lá fora
Tentando encontrar o equilíbrio
Entre o crescente
E o minguante
Ah! Noite néon
Fina flor de verão
Onde estão as nossas taças?

O vinho envelhece
E a poesia se sufoca nos lençóis...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

05/05/2014 - Litorâneo

O sol azul
Mar do sul
O amor
Abaixo
Do equador

Acho
A mulher
Gaivota
Que volta
E se quer

Céu aberto
Mar perto
Uma sereia
De areia:
Tempo incerto.


Comentar Seja o primeiro a comentar

28/10/2014 - Lixo do lixo

Você não merece nada do que é meu
Você é apenas o lixo do lixo do lixo
Você me usou como seu bicho
E depois me jogou no lixo do lixo
Você só leva de mim meu adeus
Meu sinto muito e a afirmação:
Nunca mais quero estar junto
De quem só me trouxe
Destruição, solidão e sofreguidão


Comentar Seja o primeiro a comentar

14/12/2015 - Loba inteira

Eu já tinha me esquecido
De como é o seu gemido
O seu bramido, grunhido
De loba em lua cheia
De tê-la por inteira
E não somente meia
Roseira
Quero rosas e espinhos
E todos os caminhos
Que puder me dar
Pois de que vale cheirar
Se perfumar de rosas
E não se machucar
Não sangrar nas glosas
De seus espinhadeiros
Eu já tinha me perdido
Dos seus sustenidos
Dos seus dados e lidos...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

20/01/2015 - Lobo e homem

Meu corpo no seu encorpo nu
Meu copo no seu loco blue
Minha vida com suas feridas
Marcas não de morte ou nascença
Mas marcas da sua forte presença
Que quando perto de mim
Algo baixinho entoa assim
Não some, não some
O amor que me toma
Não tem doma
Faz-me metade homem
Metade lobo
Uivando à lua
A causa da minha fome


Comentar Seja o primeiro a comentar

Lobos

Os lobos da solidão
Estão rondando
Mordendo as canelas
Uivando às janelas
Caçando nossos sonhos
Com seus dentes
Poentes de um sol
Furioso

Ah! Não se entregue
Ah! Não tema
Ah! Não negue
Ah! Assovie um poema
Que eles vão embora
Buscar um outro amor
Que da intensidade
Saudade da dor
Não chora.


Comentar Seja o primeiro a comentar

Lonas da solidão

Quantas as galáxias
Estendidas pelos quatro hemisférios?
Quantas as vidas
Escondidas num deserto escuro?
Quantas as estrelas
Entristecidas por não serem sabidas?

Estrelas que brilham a luz vã
Estrelas que o nada iluminam
Estrelas inquilinos do buraco negro
Que sé dá nos olhos que não as flertam

Quantas as estrelas
Não correspondidas?
Quantas as estrelas
Se alimentando de sombras?
Quantas as estrelas...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Primeira   Anterior   2  3  4  5  6   Seguinte   Ultima