Daniel Campos

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 79 textos. Exibindo página 6 de 8.

09/08/2011 - Reviravolta

Nunca pensou em se divorciar. Achava que tinha algum problema por nunca ter pensado isso. Não tinha motivos para cogitar a separação. Não desconfiava da mulher com quem era casado há dezesseis anos. Nem se lembra de quando foi à última vez que brigaram. Jamais ficou tentado a trair sua esposa com quem quer que fosse. Gostava de seu jeito, de seu corpo, de suas manias, de seus temperos, de suas roupas, de seu cabelo, de sua voz, de seu sexo, de seu andar, de seus sapatos...

Gostava de um tudo em se tratando dela, era seu admirador convicto e nada secreto. Sempre fazia juras e gestos para afirmar e reafirmar seu amor. Convivia de forma harmoniosa com os parentes e amigos da mulher. A sogra o chegava a chamar de filho. Também não tinha problemas com os chefes e colegas de trabalho dela. Jamais precisou beber ou fumar ou se drogar para tentar esquecer algo de ruim que tivesse sido provocado pela esposa. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

11/12/2013 - Revisita

Dava tudo para ter o senhor por mais alguns minutos. Queria poder olhar novamente na imensidão dos seus olhos e ter que a certeza de que não estou sozinho. Ah! Se eu pudesse contar com seus aconselhamentos, tão sábios, singelos e certeiros. Quanto a sua alegria contagiante e inocente me faz falta. Dentre tantas pedras, como seria bom encontrar sua pureza. Que falta me faz aquele abraço verdadeiro, carregado de sentimento.

Por mais uma vez que fosse, uma única vez, queria ter a oportunidade de dividir minhas histórias com o senhor e escutar os seus causos. Eu preciso de uma dose extra daquelas de encantamento, que sempre me fez acreditar que o inacreditável e o impossível estão sempre ao nosso lado. E que tal apostar uma corrida pelas ruas do milharal enquanto me ensina a voar. Depois de tantas coisas, minhas asas estão machucadas, curtas, manchadas......
continuar a ler


Comentários Comentários (1)

01/04/2012 - Revolucione-se

Cadê os revolucionários que não estão com as mãos na revolução? É preciso que alguém contrarie o status quo! Ainda é proibido seguir na contramão. Falta coragem para dizer sim quando é não e não quando querem sim. É necessário que o amor se reinvente e se descubra de todo e qualquer preconceito. A vida não é uma receita de bolo com medidas exatas. A vida é um desenrolar de fatos e acontecimentos que não estão sob descontrole.

Coloque uma pitada de desordem na sua vida. Fuja dos estereótipos. Escute o que diz seu coração sem a ajuda dos estetoscópios. Quebre expectativas. Transpasse a realidade. Faça uma flor rosa desabrochar vermelha, azul, branca, preta, mulata... Lance os escudos do medo ao chão e permita-se ser atingido. Abra todas as portas de seu corpo para o inesperado. Observe que mesmo a lua colada no céu tem fases, temperamento e balançado. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

24/03/2011 - Reza de menino

Quando eu dormir, ò mãe, permita que a tua luz afugente as sombras que se escondem na escuridão. Impeça que criaturas ruins se aproximem de mim ou habitem meus sonhos. Por mais que eu tenha cobertas sobre o meu corpo, cubra-me com teu manto. Se puder, deixa ao menos um de teus anjos aos pés da minha cama. Antes de ir, ò dama das damas, recolha as contas do terço que rezei em teu nome e a flor que coloquei aos pés da tua imagem. Aquece-te à chama da vela que acendi e faça em mim, se me julgar merecedor, os teus milagres. ...
continuar a ler


Comentários Comentários (1)

03/01/2011 - Reza mulher

Reza mulher de crenças e ritos. Reza mulher que em nome da fé rompe conflitos, interesses, etnias. Reza mulher que nega a própria emancipação em favor de um Deus dominante. Reza mulher de tantas feridas e quantas saudades não vividas. Reza mulher numa reza que poda suas asas de pássaro. Reza mulher entre a angústia e o bucólico. Reza mulher e mostra-se mulher perfeita de joelhos ao chão e lábios ao crucifixo.

Reza mulher de crenças e ritos. Reza mulher que em nome da fé rompe conflitos, interesses, etnias. Reza mulher que nega a própria emancipação em favor de um Deus dominante. Reza mulher de tantas feridas e quantas saudades não vividas. Reza mulher numa reza que poda suas asas de pássaro. Reza mulher entre a angústia e o bucólico. Reza mulher e mostra-se mulher perfeita de joelhos ao chão e lábios ao crucifixo. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

20/08/2015 - Reza o beijo

Quando você voltar para mim não se esqueça de trazer todos os beijos guardados. Traga de volta à boca o beijo que amarelou, que enferrujou, que amassou, que rasgou, que desbotou, que embolorou... Beijos passados que não passaram. Beijos perdidos que se encontraram. Beijos dormidos, esquecidos, banidos, proibidos agora são permitidos. Beija-me. Beija-me numa ladainha de beijos, numa procissão de beijos, num confessionário de beijos. Reza o beijo. Que cada beijo se reavive no próprio desejo de ser beijo sem mais ensejos. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

10/05/2013 - Reza para Caboclo Liberato

Caboclo Liberato, passa com os discos de seu arado pelos campos da minha saudade, revirando sentimentos e lembranças de um tempo que ficou. Seu Liberado, venha gradear os caminhos que passamos juntos levantando poeira para remexer as emoções e deixar tudo ainda mais vivo. Seu Liberado, cava a minha alma em busca do que há de melhor em mim e que acabou soterrado pelo peso dos anos. Caboclo Liberato, ceifa os meus medos de uma só vez. Caboclo Liberato, traga chuva para as minhas roças castigadas por tantas perdas. Caboclo Liberato, espante meus fantasmas com aquelas suas rezas bravas. Caboclo Liberato, semeia ventos de mudança por onde eu passar....
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

24/06/2011 - Rezando alto

Nossa Senhora de todas as cores, de todas as línguas, de todos os credos, de todos os povos, roga por nós. Auxiliadora da luz, do perpétuo socorro, do santíssimo sacramento, proteja-nos. Mãe que me guia, que me orienta, que me induz, abençoa-nos. Rainha de todos os reinos, terrenos e espirituais, temporais e atemporais, conhecidos e secretos, ampara-nos. Senhora das onze mil virgens e das coroas de doze estrelas, dos apóstolos e dos patriarcas, governa-nos.

Nossa Senhora de muitas súplicas, de muitas preces, de muitas rezas, de muitos silêncios, escuta-nos. Auxiliadora da vida e da boa morte, da sagrada família, das dores e das graças, consagra-nos. Mãe que tudo pode, que tudo vê, que tudo sabe, passa em nossa frente. Rainha que enfrenta o dragão, que expulsa o demônio, que dobra os joelhos dos pecadores, reina sobre nós. Senhora dos mantos azuis, dos anjos aos seus pés, das chuvas e dos sóis, defenda-nos. ...
continuar a ler


Comentários Comentários (1)

22/07/2011 - Ri

Ah! Esse seu sorriso largo é o meu afago. Trago seus risos pra dentro de mim. No meu lago particular. Drago seu sorriso dias afim. Vago por seus lábios sem fim. Sorriso sem preço, sem pago. Sorriso sem qualquer estrago. Quando desmancha o riso, caio gago aos seus pés. Coisas de homem e mulher. Coisas de mago e de quem se quer.

Ri com toda educação, com toda classe, com toda retidão e ri com a boca cheia longe da finesse. Ri deixando furos como uma blusa de lesie. Ri como deusa, como humana, como Lessie. Ri, não se esquece, ri, e não me fenece, ri, e me apetece, ri, e me enlouquece, ri, e me veste neste teu sorriso que me arranca o siso. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

16/04/2016 - Rio coração

O pescador desce o rio como se andasse dentro de sua própria casa. Sabe de cada curva, profundidade, correnteza. Porém, tem a consciência de que não é o dono daquele lugar. E esse respeito é o que garante sua vida. Enquanto ele não afrontar as regras do rio, regras íntimas, navegará em segurança por aquelas águas.

Ah, se fossemos como o pescador e respeitássemos o coração. Nós queremos nos apossar desse lugar que é regido por forças que não dominamos. Insistimos em domar o indomável, em tentar fazer o coração seguir o nosso ritmo, em ferir nos esquecendo da lei de ação e reação. Temos muito a aprender com o pescador. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Primeira   Anterior   4  5  6  7  8   Seguinte   Ultima