Daniel Campos

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 150 textos. Exibindo página 1 de 15.

24/05/2017 - Não seja lixeira de ninguém

Responda rápido: você gosta de viver no meio do lixo? Se a resposta for não, você não tem vocação para ser feita de lixeira por quem quer que seja. Muitas vezes, pensamos em lixo apenas como restos de alimentos, sacolas plásticas, garrafas PETs... mas, expanda seus pensamentos passando a considerar lixo também sentimentos com data de validade vencida, emoções negativas, palavras tóxicas, energias destrutivas...

Por exemplo, deve conhecer uma pessoa que te procura para despejar uma série de problemas, reclamações, negatividades. É só te encontrar pessoalmente ou por telefone para ela começar a depositar sobre você tudo de ruim que a perturba, que a incomoda, que a faz mal. E você é obrigada a recebe tudo isso, que, de uma forma ou de outra, te prejudica. Você pode não perceber, mas faz o papel de lixeira. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

05/05/2017 - Não se traia para não ser traída

Sabe por que você foi traída? Porque você mesma se traiu.

Para tudo! Enxugue as lágrimas, cesse a raiva, nada de se vingar ou de se matar. É hora de refletir e aprender com a lição que lhe foi dada de forma bastante dura.

Por mais difícil que seja entender, a questão é a seguinte: ele te traiu porque você se traiu primeiro. Como isso é possível? Simples.

Para ficar com ele, você traiu seus sonhos, suas esperanças, seus planos, seus desejos, suas prioridades... em nome do que era mais importante para ele. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

28/04/2017 - Não me molde, provoque-me

Olha meu amor eu te amo, mas eu me amo mais. Não adianta querer me mudar se eu sou exatamente como estou. Paciência, mas respeita a minha essência. Pra que querer me fazer do seu jeito se é na diferença que a gente fica perfeito? Eu aceito melhorar, é sempre uma boa se aprimorar, mas nada, meu amor, de você me moldar. Me provoque, me estimule, me inspire e assim, tire o melhor de mim. Me dê trabalho, pois eu não evoluo se você for fácil. Não ceda, componha. Não me fuja, não me usa, mas me abusa de amor. Bula no meu coração, mas se lembra de que ele não tem bula. Embora tenha efeitos colaterais meu amor não tem qualquer contraindicação. Aliás, só não me ame se estiver indisposta à paixão.


Comentar Seja o primeiro a comentar

25/04/2017 - Não viva no medo

Nada é mais destrutivo em sua vida do que o medo. O medo de amar impede que você viva o amor. O medo de mudar faz com que você perca uma série de oportunidades. O medo de ser feliz sabota sua felicidade. O medo é paralisante, inibidor, corrosivo, asfixiante, mortal. Enfim, o medo é contraindicado para quem deseja amar e ser amado, ser feliz e realizado.

Como amar tendo medo de cultivar o amor. Você tem as sementes da paixão em suas mãos, mas tem medo de soltá-las porque teme o que vai nascer a partir delas. É como se você quisesse fazer um bolo, mas tivesse medo de colocá-lo no forno e ele não crescer, ficar feio, cru, queimado, rachado. Enfim, o medo não te deixa experimentar. E a vida é um experimento. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

23/04/2017 - Não alimente suas feras

Você já viu, pelo menos em filmes, aquelas famosas placas em zoológicos e parques: não alimente os animais. Pois bem, utilize agora essa mesma indicação para você: não alimente os seus bichos, aqueles que habitam a sua cabeça, o seu coração. Não alimente o desespero, o ciúme, o rancor, o ódio, o sofrimento. Quanto mais alimenta essas feras, mais elas vão crescer e se fortalecer, e consequentemente, mais você será atacado, machucado, dominado.

É preciso ter a sabedoria de não alimentar o que não te faz bem, o que não possibilita o seu crescimento, o que não contribui para a sua evolução. Um dos que insistimos em alimentar erroneamente é o passado. Acabamos, com isso, sustentando culpas, perdas, dores, apegos, remorsos, resistências à mudança. O que passou não pode voltar a ser alimentado. Se optarmos por ficar reféns de um tempo, alimentaremos o nosso próprio atraso. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

20/04/2017 - Não se imponha a um regime cruel

Não se imponha a um regime cruel. Tenha consciência de que você merece ser feliz. Não se traia. Não se castre. Não se aborte. Reflita sobre seus atos, mas não se condene em uma vida de culpas. Não cometer os mesmos erros já é o suficiente. Olhe para trás como experiência, mas viva de agora para diante como principal incentivador do que quer para si mesmo.

Autocrítica é salutar, mas não se critique o tempo todo. Você se coloque apenas como diretor da sua vida, pois também acumula os papeis de protagonista, de iluminador, de cinegrafista, de editor e, principalmente, de autor. Não basta pensar, ensaiar, encenar, é preciso viver. Para além das teorias, praticar. Mas atenção, não vale, em momento algum, se sabotar....
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

19/04/2017 - Não queira controlar o incontrolável

Inspira, expira.

Sinta o ar passando pelo seu corpo, trazendo boas novas para o seu íntimo e levando as impurezas.

Relaxe. Desencane. Abstraia.

Tenha a consciência de que você não tem controle sobre tudo.

Deixe fluir.

Deixe correr.

Deixe acontecer.

Permita-se viver um pouco mais.

Não reprima seus sonhos.

Não desencoraje seus planos.

Não sufoque o seu desejo de ser feliz. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

02/02/2017 - Não alimente a rejeição

Quem nunca se sentiu rejeitado que atire a primeira pedra. Rejeitado pelos pais, pelos grupinhos na escola, pela garota ou pelo garoto popular do colégio, pelos colegas de trabalho, pelo chefe, pelos vizinhos, pelo time de futebol, de vôlei, de handball... são inúmeros os tipos de rejeição, mas a que causa maior estrago, certamente, envolve relações amorosas. Quando há amor no meio tudo ganha outra dimensão, inclusive, a rejeição, que pode destruir uma ou mais vidas.

Ser rejeitado por quem você ama dói das mais variadas formas, desde aquela dor calada até aquela que te coloca em completo desespero. Perdemos o chão e tudo perde a cor, o brilho, o sentido. Ser rejeitado traz depressão e ansiedade em diferentes níveis. A rejeição dá insônia, tira a fome e a vontade de viver, leva ao álcool e às drogas. Muitos casos de suicídio, e crimes passionais, são motivados por uma rejeição. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

15/12/2016 - Nosso amor não é pra já

Eu não desisti de você. Continuo te amando, só que de outra forma, em outro tempo, dando ao nosso amor todo o espaço que ele precisa. Sou como o espinho que cansado de admirar a rosa sem poder tocá-la, sob pena de feri-la, tomou outro caminho. Um amor tão grande não morre assim. Ele muda, muta, transforma a si mesmo para continuar vivo. Não é porque não te vejo, não te ligo, não faço nenhuma loucura por você que deixei de te amar. Tentamos, tentamos, tentamos, mas a realidade provou e reprovou que não temos a menor condição de ser namorados, amantes, casados... pelo menos não agora, pelo menos não nessa vida. Por quantas vezes eu quis me enganar e não ver o que estava explícito na minha frente. Por quantas vezes eu lutei uma guerra já perdida para o fim. Por quantas vezes eu gritei eu te amo para ver se algum cupido escutava e intervinha a nosso favor. Por quantas vezes eu te encontrei sabendo que você continuava desencontrado de mim. Por quantas vezes eu tentei refundar um relacionamento que só existiu na minha cabeça. A verdade é que, nem que seja no mundo da fantasia, formamos o casal perfeito. E não há lugar para perfeição neste mundo insólito de encontros e desencontros, de desconfianças e traições, de juras e ingratidões, de encaixes e desencaixes, de certezas e ilusões. E, por te amar assim, de forma totalmente incoerente, passando por cima de tudo de errado, de toda dor, de todas as desesperanças, de tudo o que fizemos e não devíamos ter feito um com o outro, não te esqueço. Continuo, mesmo de longe, desejando uma overdose de memória, curvas e vidas para você. Memória para não esquecer tudo o que sonhamos um no outro. Curvas para que sua estrada volte a se cruzar com a minha, mais cedo ou mais tarde. E vidas porque se nossa história não continuar nesta vida, que continue em outra. Amor assim merece continuação. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

29/11/2016 - Notícias de mim

Eu não sei o que me acontece, mas tudo anda ou desanda revirado no meu íntimo. É como se meu coração tivesse de ponta cabeça, de pernas pro ar. Amanheço, entardeço e anoiteço com o mundo entalado em mim. E assim não dá mais pra ficar. Apertos no peito. Sufocamentos. Angústias. Uma tristeza vinda de não sei onde, não sei porquê. Não dá para entender. E eu não me entendo. Os pensamentos entram em rota de colisão. Os sentimentos me inundam. E eu viro náufrago da minha própria imaginação.

E vem uma vontade louca, mais que louca, de gritar, de correr, de me jogar no vazio, no escuro, no nada. Os olhos constantemente marejados. O amor mais que à flor da pele. Uma necessidade fundamental de dar e receber colo, de abraçar, de beijar na boca. E ao mesmo tempo de ficar só, tão só, a procura de algo que só eu posso encontrar. São tantos quereres, tantos sentires, tantas inquietações, tantos sins e tantos nãos. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

      1  2  3  4  5   Seguinte   Ultima