Daniel Campos

Poesias

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 2480 textos. Exibindo página 7 de 248.

31/12/2016 - O tempo do novo

E no findar da última página do diário:
Que o novo ano seja, de fato, novo
Novo não só na virada do calendário
Mas novo a cada mês, dia, segundo
Do mundo que está por vir.

Se já ama, faça do seu amor aí
Um novo amor a cada beijo
A cada olhar, a cada desejo
Saindo da rotina para o sonho.

Se está sozinho, que encontre
Novos e bons motivos, suponho,
Para estar e caminhar junto,
Em conjunto e com assunto. ...
continuar a ler


Comentários Comentários (1)

18/12/2016 - O sorriso de Beatriz

Ah! Lá vai aquela morena
Descendo pelos rios do mundo...
Ah! Lá vai aquela pequena
Vivendo as mil correntezas
E as belezas dos risos sem fundo...
Será quem é? Sereia, fada, mulher?

É um sorriso feito de água doce
De pássaros, lendas e aromas
Das matas que a chuva trouxe...
Ela sorri como quem semeia
Flores livres, belas, sem doma
Pétalas de estrelas e lua cheia.

Clareia, clareia, clareia de sorrir...
continuar a ler


Comentários Comentários (1)

17/12/2016 - O amor resolve

Se houver amor
Não existe distância
O tempo perde o sentido
E os preconceitos são extintos

Porque o amor
Está em todos os lugares
Habita todos os tempos
E é livre para amar de toda as formas.


Comentários Comentários (1)

16/12/2016 - Veronnikah

Hoje é dia de Veronnikah
Menina-sonho-mulher
Bem-te-quero onde estiver!
Garota de beleza tônica
Linda de todos os ângulos
Valsa, piano, tango
Quantos ritmos cabem
Em seu corpo de violino
Que se abre
Como flor de sentimento
Com notas e perfumes
Aos sete ventos...
Hoje é dia de Veronnikah
E as 24 horas de hoje
Ficam atônicas
Com ciúme e ciúmes
De quem toma para si
Cada segundo...
continuar a ler


Comentários Comentários (1)

13/12/2016 - Olhei pra dentro

Hoje
Virei
Meus olhos
Pelo avesso
Olhei
Pra dentro
Santos óleos!
Encontrei
O sentimento
Sem preço


Comentar Seja o primeiro a comentar

12/12/2016 - Vidas passadas

Quando olhei nos seus olhos vi que não éramos de agora.
Eu já fui vilão e você, mocinha.
Eu já fui rei e você não quis ser apenas a minha rainha.
Eu fui palhaço e você, trapezista.
Eu já fui pirata e você não sabia nadar.
Eu já fui astronauta e você, estrela.

Nos seus olhos vi nosso passado como um filme em 3D.
Eu já fui tudo e fui nada para você
Eu já fui operário e você dona de casa.
Eu já fui prisioneiro e você minha alforria. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

10/12/2016 - Olhos d'água

Menina, pra que esses olhos d’água
Se ocê tem esse sorriso de buquê
Mais vale florir, se abrir, florescer
Verdejar
Do que chorar tristeza e mágoa
Por quem não é de te merecer


Comentários Comentários (1)

05/12/2016 - Força que não tenho

Eu queria ser forte o suficiente
A ponto de não fraquejar
Diante de um simples luar
Mas eu coloco o coração
Entre os dentes
E tão somente
Sigo a estrada que não é
Da razão
Eu tenho fé
E não me importa se caio
Se chego, fico ou se saio
De pé
Eu me jogo em queda-livre
No escuro, no vazio
No rio do tempo
E só me importo
Com o sentimento
Que tenho e tive
Com o que vive
Com o que sei, terei...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

30/11/2016 - Libido da imaginação

Não há coisa mais linda
Paixão que não se finda
Lua-vermelha
Gato ronronando na telha
Pesca sem anzol
Rol de belezas tantas
Pedidos aos pés da santa
Das santas do sol

Não me venha com modéstia
Corações trançados em réstia
Farol do equador
Navio perdido num velho amor
Iscas de Plutão
Universo caído
Gemido proibido
Libido da imaginação.


Comentar Seja o primeiro a comentar

29/11/2016 - Bailarina na minha mão

Baila
Baila bailarina
Baila
No quarto, no palco
Na esquina...
Baila
No asfalto
No céu
Cinderela-rapunzel...
Baila
Baila bailarina
Pequenina
No centro
Do meu coração...
Baila bailarina
Sozinha
Cá dentro
Da minha mão...


Comentar Seja o primeiro a comentar

Primeira   Anterior   5  6  7  8  9   Seguinte   Ultima