Daniel Campos

Prosas

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 3193 textos. Exibindo página 9 de 320.

19/09/2016 - Seja partida

Os caminhos continuam independente de mim. Se eu vou ou não, a escolha é minha. Porém, as estradas não choram porque estão sozinhas. Simplesmente, porque elas seguem. Elas se oferecem, mas jamais pedem, imploram, se humilham para que alguém embarque nelas. Portanto, muito cuidado pra não passar a vida fazendo doce, esperando que os caminhos te levem por conta própria. Se você não escolher ir, tudo vai partir de você, porque as estradas seguem e nem te perguntam porquê. Portanto, vê o que te espera, o que pode fazer da sua vida. Não fique aí parado, virando passado. Toma seu rumo e dá prumo a sua existência. Não há pior penitência do que ver tudo seguir sem você por ir. E ainda dá tempo de colocar mais sentido e sentimento a sua vida, dando movimento a tudo isso, deixando de ser chegada para se tornar partida.


Comentar Seja o primeiro a comentar

18/09/2016 - Deixar ir...

Muitas vezes nós passamos a vida toda querendo tanto algo ou alguém que esquecemos de aprender o principal: deixar isso ou esse/essa ir, partir, seguir seu caminho independente do nosso.

Por quantas e quantas vezes nós insistimos e sofremos justamente porque vamos longe demais segurando algo ou alguém que não é (mais) pra gente.

Queremos, por exemplo, que um amor seja eterno. Mas o poeta já dizia: que seja eterno enquanto dure. E quem disse que para ser grande, o amor precisa durar para sempre?...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

17/09/2016 - Hoje é o melhor de mim

Que hoje eu receba tudo aquilo que eu mereça, nada mais nada menos, do que é do meu merecimento. Que os sonhos bons, assim como tudo o que valha a pena, tudo o que me acrescenta, tudo o que me insira, venham comigo. Que eu tenha força para no decorrer desse dia deixar pelo caminho o que me pesa, o que me faz sofrer, o que já não tem mais sentido. Que hoje seja o primeiro de muitos dias em que eu me coloque no papel principal da minha vida, de modo que eu me jogue sem medo no que me faz feliz. Que eu me permita ao amor, não só amar, mas ser amado sem pré-julgamentos. Que o que passou tenha passado realmente. Que o novo nasça, rompa, brote dentro e fora de mim. Que eu consiga ir adiante, pois é para isso que estou aqui: para ir em frente. Que eu aprenda com o que ensinei e tudo se transforme num grande e continuo aprendizado. Que o meu coração, mesmo marcado, remendado e colado, esteja sempre aberto, pronto para se apaixonar. Que eu siga superando e perdoando quaisquer dores, com a consciência de que elas vieram para me fazer melhor do que ontem. Que hoje tudo tenha mais tempero, mais cor, mais brilho, mais perfume simplesmente porque eu quero assim, e quando eu quero tudo é possível. Que hoje só haja tempo e espaço para o melhor de mim.


Comentar Seja o primeiro a comentar

16/09/2016 - O meu hoje

Hoje não é mais ontem. E ainda não é amanhã. Hoje é hoje, um tempo ainda não mensurado. Um tempo manifestado, posto em nossas mãos para a nossa temporização. E eu sou hoje, no hoje que me é. O hoje me chega, me beija, me arqueja com seu poderio. O hoje com suas correntezas vai me puxando como um rio. O hoje me invade, sem pedir licença. O hoje marca em mim a sua presença. O hoje me tira o vazio do ontem. E não me contem do futuro, pois eu ardo na febre terçã do hoje. Não há pausas, o hoje é contínuo, corrente mesmo sendo agora. O hoje é o amanhã que não demora. O hoje está em todos os minutos, em todo os segundos da minha hora. Hoje é o meu tempo. Sentimento de dentro pra fora. ...
continuar a ler


Comentários Comentários (1)

15/09/2016 - Domingos Montagner e o rio da vida

De repente, não ouço mais nada, somente o barulhar das águas do rio São Francisco. Um som que dói, lamenta, chora... São como lágrimas correndo pelo sertão que parece tomar conta de nós, com seus espinhos e durezas, nos momentos de perda.

As águas que levaram a vida Domingos Montagner são as mesmas que nos indicam que, querendo ou não, tudo tem o seu curso.
Por obra do destino, quem nos trouxe um rio de emoções ao longo de sua jornada se despediu num dos rios com mais histórias para contar - o São Francisco....
continuar a ler


Comentários Comentários (1)

14/09/2016 - Eu quero esse amor!

Eu quero um amor que me tome por inteiro. Que chegue de mansinho e me coloque de cama, numa febre de querer mais e mais de tudo isso. Um amor sem hora para terminar e que peça, ou melhor, que exija todos os meus segundos para si. Um amor que me dê colo, que me dê corda, que me dê motivo. Motivo para viver intensamente, para acordar alegremente, para, de repente, estar aqui e ali vivendo um sentimento que não se aquieta em mim. Eu quero um amor que não me deixe em paz, pois amor acomodado não me interessa. Eu quero um amor sem pressa e ao mesmo instante urgente. Um amor que bote fogo na gente. Eu quero um amor bem cuidado para cuidar feito menino novo, que toda hora nos bota para correr atrás. Eu quero, ah como quero o amor que pulsa, que soluça, que nos impulsa a ser melhor do que somos agora. E nada desse amorzinho que sorri toda hora, que acha tudo lindo, eu quero um amor que chora pela coisa amada, que ora para ter forças de aguentar tudo de pé porque amor que é amor acaba virando mais dia menos dia uma prova de fé. Eu quero um amor que exija tudo de mim, inclusive mais do que eu possa dar, porque é por esse amor que eu vou, de fato, me buscar. E, quem sabe, enfim, por ele, por esse amor louco, jamais pouco, finalmente hei de me encontrar. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

08/09/2016 - Seja tudo o que meus passos quiserem

Eu sigo em frente porque eu quero o que ainda não sou. Eu continuo porque, quando parado, já me perdi daqueles que passaram por mim. Eu não tenho medo do que virá, mas pânico daquilo que ainda me deixará. O desapego é mais do que uma teoria, é uma necessidade. Não quero levar nada do que não me pertence. Porém, o desafio é esse, o que, de fato, faz parte de mim, veio para mim, dará frutos em mim. Não sei! Só vivendo. E viver, machuca. E quem fica parado não vive. Então, entre a dor de seguir em frente e a certeza de que não serei nada ficando aqui, parado, no meio do que já perdeu a validade, eu continuo. Firmo meus passos e avanço. Tropeço, canso, entorno... mas continuo rumo ao que um dia ainda me dará prumo. Porque o passado me enverga, o hoje me desalinha e o desconhecido me faz igual a qualquer um. No amanhã, os pratos da balança do que serei e do que poderia ter sido tem os mesmos pesos porque tudo depende do meu agora. E não devo ter medo de desequilibrar esses pratos, porque é no desequilíbrio que a vida acontece. Então, sigo em frente e que seja tudo o que meus passos quiserem.


Comentar Seja o primeiro a comentar

31/08/2016 - De amor, não minto!

E quando tudo silencia, quando tudo se cala, a certeza de que nada é por caso principia, e o coração fala: que bom, que bom que está aqui ao meu alcance. Dance. Dance e trance cada vez mais o seu destino ao meu. Escreva e se atreva a ter um final feliz comigo em seu romance. Dance, dance, dance e alcance a cobertura do arranha-céu de onde eu acompanho todos os seus passos, pendurado com minhas asas de anjo esperando pelos teus abraços, de modo a voar ao léu nos seus braços. Dance, dance e jamais se canse do que sinto. De amor, não minto!


Comentar Seja o primeiro a comentar

26/08/2016 - Cuidado com o amor

E então o amor chegou. Não me pergunte como. O fato é que ele chegou. E quanto tempo fica? Ninguém sabe. E nem é bom se ater a essa questão, pois ele pode se zangar e ir embora mais cedo. O amor é melindroso. Então, muito cuidado! Não provoque o amor querendo saber mais do que ele quer revelar. O amor só se mostra o necessário. Quem quer ver mais do que isso está arriscado a ficar cego ou só. Vá com cuidado, pois todo cuidado ao mexer com um amor recém-chegado é pouco. É como filho recém-nascido, necessita de muito zelo e paciência. O amor pode ter chego, mas só mostra seus reais objetivos, seus caminhos, com o tempo. Então, entregue-se ao tempo para viver o amor que só te dá uma chance. Se desperdiçá-la pode até ter uma nova oportunidade com a mesma pessoa, mas já será outro amor.


Comentar Seja o primeiro a comentar

25/08/2016 - Volta para sermos para sempre!

Volta. Por todo o amor que tenho, que temos, volta. Por tudo o que é mais sagrado, volta. Para viver um conto-de-fadas, volta. Para sermos um do outro por cada fração de segundo, volta. Para nos ajudarmos, volta. Para sermos mais que felizes, volta. Para levarmos adiante os sonhos, volta. Porque ainda temos muito a realizar, volta. Para semearmos o que de melhor temos em nós um no outro, volta. Para podermos nos abrigar um no outro, volta. Para estarmos juntos em todos os momentos, volta. Para compormos nossa história, volta. Par anos amarmos mais e mais, volta. Por tudo o que nos queremos bem, volta. Por todo amor guardado, volta. Por tudo o que temos nos esperando, volta. Pelo mundo que quero habitar com você, volta. Por nosso filho, por nossos filhos, volta. Por tudo o que está para nascer de nós, volta. Pelo que podemos voar juntos, volta. Para sermos completos, volta. Para continuarmos a ser eternos, volta. Para nunca mais nos perdemos, volta. Para esquecermos o que é a dor da saudade, volta. Para podermos viver o que viemos para viver, sem reservas, volta.


Comentar Seja o primeiro a comentar

Primeira   Anterior   7  8  9  10  11   Seguinte   Ultima