Daniel Campos

Ou exibir apenas títulos iniciados por:

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  todos

Ordernar por: mais novos   título

Encontrados 261 textos. Exibindo página 3 de 27.

13/05/2015 - Salve os Pretos Velhos do Amanhecer

Salve Deus. Salve Pai João das Matas e Graças a Deus. Salve Pai João de Enoque e Graças a Deus. Salve Pai Joaquim das Almas e Graças a Deus. Salve Mãe Tildes e Graças a Deus. Salve Vovô Agripino e Graças a Deus. Salve Vovô Marilu e Graças a Deus. Salve Pai Samuel e Graças a Deus. Salve Pai Zé Pedro de Enoque e Graças a Deus. Salve Mãe Rosário e Graças a Deus. Salve Pai João de Aruanda e Graças a Deus. Salve Vovó Sabina de Aruanda. Salve Pai Jacó e Graças a Deus. Salve Vovó Cambina e Graças a Deus. Salve Pai Joaquim das Praias e Graças a Deus. Salve Vovó Benedita do Oriente Maior e Graças a Deus. Salve Pai Zambô e Graças a Deus. Salve Pai Joaquim das Almas de Enoque e Graças a Deus. Salve Vovó Maria Conga e Graças a Deus. Salve Pai José do Oriente e Graças a Deus. Salve Pai Zé Pedro das Águas e Graças a Deus. Salve Mãe Maria Baiana e Graças a Deus. Salve Pai João do Congo e Graças a Deus. Salve Pai Crispim e Graças a Deus. Salve Pai João da Guiné e Graças a Deus. Salve Mãe Maria de Carmélia e Graças a Deus. Salve Vovó Ingrid das Cachoeiras e Graças a Deus. Salve Pai Índio José de Amacê e Graças a Deus. Salve Pai Tomé e Graças a Deus. Salve Vovó Francisca das Almas e Graças a Deus. Salve Pai João do Tibet e Graças a Deus. Salve Mãe Sofia e Graças a Deus. Salve Pai Casteliano Cigano e Graças a Deus. Salve Vovô Nazário e Graças a Deus. Salve Pai Joaquim das Cachoeiras e Graças a Deus. Salve Pai Joaquim de Enoque e Graças a Deus. Salve Pai João da Caridade e Graças a Deus. Salve Pai Joaquim de Aruanda e Graças a Deus. Salve Vovó Catarina das Águas e Graças a Deus. Salve Pai Cipriano e Graças a Deus. Salve Vovó Anastácia das Cachoeiras e Graças a Deus. Salve Pai Benedito Angolano e Graças a Deus. Salve Pai Cinplício e Graças a Deus. Salve Pai Emanuel do Oriente e Graças a Deus. Salve Vovó Terezinha de Angola e Graças a Deus. Salve Pai Francisco do Grande Oriente e Graças a Deus. Salve Pai João Carreiro e Graças a Deus. Salve Pai Joaquim das Pedreiras e Graças a Deus. Salve Pai Manoel das Águas. Salve Pai Narciso de Nagô e Graças a Deus. Salve Mãe Maria de Aruanda e Graças a Deus. Salve Pai Pedro de Ancuns e Graças a Deus. Salve Pai Ramin do Oriente e Graças a Deus. Salve Pai Samuel dos Himalaias e Graças a Deus. Salve Vovó Ana das Cachoeiras e Graças a Deus. Salve Pai Tomaz do Cativeiro e Graças a Deus. Salve Pai Tomé e Graças a Deus. Salve Vovô Cassiano e Graças a Deus. Salve Vovó Maria Conga do Cruzeiro e Graça a Deus. Salve Mãe Sara de Enoque e Graças a Deus. Salve Vovô Indu e Graças a Deus. ...
continuar a ler


Comentários Comentários (23)

21/08/2012 - Salve quem me alumia

Salve aquele que é o equilíbrio negativo do universo, mas que está longe de ser ruim ou bom. Salve aquele que gera o infinito. Salve o senhor dos espíritos das ruas, encruzilhadas, baixadas. Salve o mestre dos meus caminhos. Salve quem me protege e vigia em cada esquina. Salve quem me acompanha por todo lado, a qualquer hora, sob qualquer fase da lua. Salve aquele que me anima. Salve aquele que rege tudo o que me rodeia. Salve aquele que é meu guia e meu pai. Salve aquele que é minha luz e meu guardião. Salve aquele que abre meus caminhos. Salve aquele que cuida de tarefas acima do bem e do mal em planos e subplanos. Salve aquele que diz quem passa e quem não passa pelos portais do tempo e do espaço. Salve aquele que é o meu grito e o meu silêncio. Salve aquele que faz o que tem que ser feito. Salve aquele que é sempre bem-vindo à roda da minha existência. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

19/08/2011 - Salve Vovó Marilu

Vovó Marilu me falou para eu me cuidar que inimigo está por perto, mais perto, mais do que perto como sombra e luar. Inimigos desta e de vidas passadas. É bom se proteger. Vovó Marilu não brinca, fala sério e até dá bofetão. Anda com seu filho, pai Seta Branca, com princesas indígenas e com a falange dos pretos velhos. Vovó Marilu tem espírito acaju, coração-açú e uma magia sururu. Contra meus inimigos vou passar na sua linha de passe e defumação. Ajorã do amanhecer, vovó vai fazer dor em quem me faz doer. Salve Deus. Salve Vovó Marilu. ...
continuar a ler


Comentários Comentários (14)

Salve-se quem puder

A música do plantão jornalístico da Globo invade os ouvidos. A voz de Fátima Bernardes diz que o primeiro de três porta-aviões norte-americanos chega ao litoral que já foi das caravelas de Pedro Álvares Cabral. Primeiro, como no Oriente Médio, os bombardeios. Depois, as tropas terrestres. A tão frágil democracia brasileira espalhada em zilhões de cacos. O que é isso??? O Brasil atacado por alienígenas? O trailler do novo filme de Spilbergh? Não, o Brasil tomado pelos "sem". Tudo quanto é tipo de sem: "sem-teto", "sem-terra", "sem-privilégio", "sem-sucesso", "sem-cheque especial", "sem-vergonha"... ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

10/03/2012 - Sansão ganhou o céu dos cachorros

Sem você não há mais sentido passar na padaria. Para quem eu vou dar pão cedinho? Não acredito que não vou mais lhe ver correndo de olhos fechados pelo jardim em busca do seu pão. O quintal está num silêncio difícil de aceitar. Por que foi partir assim tão rápido? Ainda tínhamos tanto a viver, a correr, a cantar juntos. Lírico, uivava à lua. Místico, conversava toda meia-noite com criaturas invisíveis. Tinha algo de humano e de sobrenatural em sua existência canina.

Sansão, o nome do guerreiro com o qual foi batizado não combinava com você. Embora fosse grande, era frágil e medroso. O típico cão que ladra e não morde. E a força não estava em seus cabelos, mas em seu estômago. Comia de um tudo e sem parar, numa ânsia, numa intensidade, numa capacidade constante de se superar a cada prato. E tinha o coração maior que o mundo. Um solitário apaixonado pela vida e com uma insegurança de dar água nos olhos....
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

28/10/2010 - Santa chuva, chuva santa

A santa chora tantas mães sem filhos, tantos filhos sem mãe. A santa chora pelos meninos do sinal, do craque, dos fuzis. A santa chora tantas mortes em vão, tantas vidas não vividas. A santa chora uma série de crucificações diárias. A santa chora pela falta de arrependimento, de misericórdia e compaixão. A santa chora pela humanidade ter sido dominada pela cegueira, pela surdez, pela insensatez. A santa chora, mesmo com tanto poder, a sua impotência diante da realidade da cidade dos homens.
...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

05/06/2015 - Santa do alto do morro do boi da cara branca

Lá no alto do morro do boi da cara branca, não tem asfalto só carranca. Lá no alto do morro nem a deus se pode pedir socorro porque deus por lá já deu adeus. Lá no alto a mulher só anda de pé no chão ou de sandália, pois o chão não se dá com salto. Lá no alto quando se quer noivar, casar, ficar para sempre é preciso fugir, partir, seguir antes de beijar. Lá no alto o espinho nasce antes da flor e o que se dirá do amor? Lá no alto do morro do boi da cara branca, a tensão é tanta que desejo proibido morre eletrocutado. Quem tem passado comemora por ter sobrevivido, mas chora por nunca ter dali partido. Violão segue calado, palhaço vive emburrado, pivete masca gilete e toda gente se declara inocente. Lá no alto do morro do boi da cara branca a força tanta não é dos soldados nem dos bandidos mal-encarados nem ainda dos mal-amados, mas de quem controla do perdão à esmola, de quem sabe do que voa, do que rasteja e do que rola. Lá no alto do morro do boi da cara branca quem arranca o que quer de homem ou mulher é a Santa. Santa é mais bruta do que a pedra que sustenta toda a gruta. Nasceu no Norte, deu nó na morte, e fez sua sorte no alto do morro do boi da cara branca e ali se agiganta. Santa manda prender, manda soltar, manda sofrer, manda matar. Santa anda e desanda a vida de quem bem quer. De dia é homem que não treme, a noite geme como mulher. Anda armada e nua como lhe convém, já levou facada e tiro, já sequestrou e foi refém. Santa não tem fama de fazer milagre, mas já dividiu ao meio uma lagoa de bagre e pegou pelo rabo um tigre dente de sabre. Muita coisa se conta de Santa, mas ela mesma não fala de si, nem do que sonha nem do que fez nem do que apronta. Para Santa, Santa nunca está pronta. Gosta de tomar sua cachaça, que consegue de graça, e andar tonta pela cabeça do morro do boi da cara branca. Não admite ser feita de monta nem errar na conta. Santa tem cabelo comprido, corpo de bandido e um ar mais do que atrevido. Não sei se mais por fé do que por medo, o povo do morro bota seus pedidos, suas moedas, suas vidas aos pés de Santa. Santa faz chover bala, faz corpo queimar, faz traidor pagar, faz doação a sua própria mala. Santa é de se drogar e de se achar em qualquer lugar. Mas aí de quem mexe com Santa, pois Santa não é de se beijar nem de conseguir perdoar. Santa é do pau oco e não foi feita para se quebrar. Santa corta a cabeça de quem for, por amor ou por falta de amor, no toco que fica lá no alto do morro do boi da cara branca. O que dá na cabeça de Santa ela faz sem pensar no que será que devia ter feito. Para Santa tudo tem jeito, o seu jeito. Vive de ajeito e quebra o mundo no seu peito. Santa tem tanta cicatriz e jura que nunca foi feliz. É de comer prato cheio e de não fazer volteio. Com ela nada é por um triz; Ou é ou não é assim que se diz. Santa não aceita flores e não gosta de vela, prefere o escuro e dois dedos daquela que lhe faz ainda mais Santa. Santa fala alto e firme como rei. É a lei do alto do morro do boi da cara branca que quando escuta Santa até se levanta. Santa espanta. Santa espanca. Santa impõe respeito com sua anca. Santa rebola e dá o que quer. Santa deita como homem e rola como mulher.


Comentar Seja o primeiro a comentar

28/01/2013 - Santa Maria, rogai por nós

Santa Maria das dores, rogai por nós. Santa Maria dos desesperos, rogai por nós. Santa Maria das portas trancadas, rogai por nós. Santa Maria dos rostos desfigurados, rogai por nós. Santa Maria dos queimados, rogai por nós. Santa Maria dos gritos de horror, rogai por nós. Santa Maria de tantas e tamanhas perdas, rogai por nós. Santa Maria das tragédias, rogai por nós. Santa Maria das mães que perderam seus filhos e suas filhas, rogai por nós. Santa Maria dos pais que perderam suas continuações, rogai pro nós. Santa Maria de meninos e meninas deitados em caixões, rogai por nós....
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

03/02/2016 - Santo umbu

Quando a meninada passou debaixo do pé de umbu, a menina ajoelhou de fé e o menino ficou nu. Como é que é, umbu? Umbu é a árvore sagrada do sertão, desperta reza e paixão. Umbuzeiro é ninheiro de ave, árvore que dá de beber, espécie que na hora da sede vale mais do que dinheiro. Umbuzeiro é de rede, com sua copa de guarda-chuva aninha mais do que parede. Se veste de branco, como noiva do cerrado, e se dá para as abelhas num amor melado. Tatu se refestela na raiz do umbuzeiro. Inhambu vem pelo cheiro. O fruto amarelo é doce, azedo, doce, azedo, doce, azedo e chega de lero-lero. Quando a meninada passou debaixo do pé de umbu, o menino atiçou de fé e a menina ficou de olhar nu....
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

19/09/2011 - Santos ouvidos

O santo, cansado de tantos pedidos, tapou com suas mãos seus santos ouvidos. Basta, gritou aos devotos que não param de pedir. Há quem peça por meio de orações, rezando terços e ladainhas. Há quem vai direto ao assunto, sem rodeios, botando o dedo na cara do santo, exigindo um milagre. Há quem peça chantageando o santo com promessas de velas, de flores, de mudanças de comportamento, de sacrifícios. Há quem peça em jejum e quem cobra de barriga cheia.

Um único santo e milhões de pedidos engavetados em seus ouvidos. Um único santo promovido à última saída para diversos problemas. Cada um quer se salvar usando a condição de santo daquele homem escolhido por Deus. Querem agora que o santo, promovido a tal, se vire para curar doenças, arranjar emprego, arrumar casamento, conseguir dinheiro, proteção e perdão divino. Querem que ele derrame seu santo suor como uma espécie de poção milagreira. ...
continuar a ler


Comentar Seja o primeiro a comentar

Primeira   Anterior   1  2  3  4  5   Seguinte   Ultima